domingo, 28 de setembro de 2014

O estranho flagelo da poluição luminosa

O SciShow é um canal do YouTube mantido por jovens americanos que se propõe a apresentar tópicos científicos de maneira profunda, porém em poucos minutos.

O problema da poluição luminosa foi tema recente do canal, em um vídeo intitulado "The strange scourge of light pollution", ou "O estranho flagelo da poluição luminosa", em livre tradução. Em apenas dez minutos, Hank Green - o apresentador -, expõe de maneira clara a questão e as implicações ambientais, econômicas e sobre a saúde humana desse tipo de poluição. Vale muito assistir!

Logo no início, Hank Green lembra que em 1994, após um terremoto que causou a queda do sistema de energia elétrica em Los Angeles (EUA), a população em pânico começou a ligar para os telefones de emergência, relatando a aparição de uma imensa "nuvem prateada" no céu. Era a Via Láctea, que a maioria nunca tinha visto devido à iluminação artificial irracional!

O vídeo pode ser visto abaixo. A narração é em inglês, mas é possível selecionar as legendas em português (um singelo tutorial é oferecido ao final do post*).




O SciShow foi criado em 2012 e oferece vídeos com dezenas de outros temas científicos no seu canal. Você pode ajudar a manter o projeto através da página https://subbable.com/scishowO SciShow também pode ser acompanhado através do Facebook ou do Twitter.

A história de Los Angeles lembra a tira mostrada abaixo, retirada da lendária página "Calamities of Nature". A tradução para o português foi feita com a autorização do author, Tony Piro. 

Clique para aumentar!

A tira original pode ser encontrada aqui. De fato, quem nunca viu o céu noturno em um local despoluído não sabe o que está perdendo...


*Para colocar as legendas em vídeos do YouTube, clique no seguinte ícone da tela:
Em seguida, clique em "On" para acionar as legendas: 
Selecione a opção de tradução: 
E, finalmente, escolha o Português: 

0 comentários:

Postar um comentário

Página de notícias sobre Poluição Luminosa (PL), mantida pela astrofísica Tânia Dominici.

Pesquisar no blog

Pesquisar este blog

Translate

Translate


Arquivo do Blog
Marcadores

Marcadores

Alemanha (1) Aneel (1) animação (2) Ano Internacional da Luz (17) aplicativos (3) astrofotografia (11) astronomia (2) Banco do Brasil (1) Ben Canales (1) bioluminescência (1) Brasília (1) Brazópolis (2) Calgary (1) Canadá (2) câncer (1) Chile (1) China (1) Christina Seely (3) ciência cidadã (7) Cingapura (1) Cosmic Light (7) Dark Sky Meter (3) David Oliver Lennon (1) Declaração de La Palma (1) Deutsche Welle (1) diabetes (1) Doha (1) emissão de carbono (1) EUA (3) Evitando gerar Poluição Luminosa (3) f.lux (1) França (3) Futurando (1) gif animado (1) Globe at Night (9) Glowee (1) Hillarys (1) Hong Kong (1) Hora do Planeta (2) IAU (1) Ibram (1) ICOMOS (1) IDA (4) Ilhas Canárias (1) iluminação pública (7) impactos ambientais (9) impactos econômicos (6) impactos sociais (7) Itajubá (3) IYL2015 (15) José Cipolla Neto (1) LED (5) legislação (8) Londres (3) Los Angeles (1) Loss of the Night (3) Luz Cósmica (6) Mariana Figueiro (1) Mark Gee (1) MAST (1) Mauna Kea (1) melatonina (1) monitoramento (10) Mont-Mégantic (1) NASA (1) Natal (2) Nicholas Buer (1) Nova Iorque (2) novas tecnologias (1) obesidade (1) Olivia Huynh (1) OPD (13) orientações (5) Oriente Médio (1) pássaros (1) poluição luminosa (47) Pouso Alegre (1) Prêmio Nobel (1) projeto Tamar (1) Reino Unido (1) Rio de Janeiro (4) Rio+20 (1) Rothney Astrophysical Observatory (1) Santa Rita do Sapucaí (1) São Paulo (1) saúde humana (1) SciShow (1) semana de museus (1) simulação (2) SNCT2015 (2) SQM-L (2) Sriram Murali (1) tartarugas marinhas (1) Telluride (1) Thierry Cohen (4) UAI (2) UNESCO (1) vídeo (1) VIIRS (2) What you can do (1) WWF (1) Zijinsham Observatory (1)
Número de visitantes

Total de visualizações de página